Os laudos de avaliação são emitidos pelos auditores independentes para atendimento da legislação societária brasileira ou para auxílio à gestão das empresas em operações de aquisição, incorporação, fusão ou cisão de empresas:
– O laudo a valor contábil compreende o patrimônio líquido contábil ou acervo líquido contábil formado por determinados ativos e passivos especificamente selecionados pela administração da entidade solicitante do laudo de avaliação. Esse laudo de avaliação é requerido para as sociedades anônimas em operações de incorporação, fusão e cisão.
– O laudo de avaliação econômico-financeiro objetiva ao levantamento do valor do negócio de uma entidade e não especificamente de seus ativos e passivos. Esse laudo é geralmente emitido em processos de aquisição de empresas ou para fins de atendimento de normas da Comissão de Valores Mobiliários aplicáveis a Fundos de Investimento em outras empresas (Fundos de Private Equity)
– O laudo de avaliação a valor contábil ajustado a valores justos consiste inicialmente na apuração do acervo líquido contábil da entidade, segundo as práticas contábeis aplicáveis e, posteriormente, no seu ajuste decorrente da avaliação de seus ativos e passivos a valor de mercado. Trata-se de uma prática adotada a partir da convergência às Normas Internacionais de Contabilidade – IFRS, pois em determinadas operações de aquisição, incorporação, cisão e fusão de entidades, a entidade adquirida, incorporada, cindida ou fusionada deverá ter seu acervo líquido avaliado ao valor justo.

Compartilhe esse conteúdoShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn